Geração campeã



Alunos do Poliedro mostram preparo e conquistam medalhas em olimpíadas e aprovações nas melhores universidades do Brasil

“A mente que se abre a uma nova ideia jamais voltará ao seu tamanho original”. Para Lucas Nyari, analista de suporte às olimpíadas e aos alunos do Colégio Poliedro, as palavras do físico Albert Einstein são capazes de definir a preparação e a participação dos alunos nas olimpíadas científicas.

Segundo Lucas, essas competições proporcionam aos estudantes experiências significativas e contribuem de forma expressiva para a educação e o desenvolvimento do nosso país. “É muito gratificante participar desse projeto e ter a oportunidade de ver os jovens sonharem cada vez mais alto para chegar aos seus objetivos, que podem ser alcançados por meio de uma rotina de estudos intensa”, relata.

Em 2016, os alunos das unidades do Colégio Poliedro conquistaram 261 medalhas em olimpíadas científicas. Para chegar a essa premiação, eles tiveram uma preparação focada que aconteceu em etapas: divulgação das competições, treinamentos contínuos, exposição de resultados, reconhecimento dos alunos e celebração das conquistas.

“Estudo aqui desde o sexto ano e desde então participo de olimpíadas. É gratificante colocar em prática, em uma competição, o que você sabe. E, assim como no esporte, o desafio nos traz motivação e desenvolvimento.” (Arthur Augusto Cândido Luércio, aluno do 8º ano)

“No Poliedro, temos suporte para nos prepararmos. Já participei de competições nas áreas de Astronomia, Geografia, História e Química e agora sei que as olimpíadas realmente ajudam muito em nosso desenvolvimento, além de fazerem a diferença para o nosso histórico acadêmico e profissional.” (Matheus Faria de Sousa, aluno da 3ª série do Ensino Médio)

Aprovações em 83 instituições 

Ser aprovado sem passar por um cursinho pode parecer impossível. Alguns relatórios de universidades acabam reforçando isso, como o divulgado pela Universidade de São Paulo (USP)
referente ao vestibular 2015. Uma das informações apresentadas aponta que 50% dos alunos que foram aprovados fizeram dois ou mais anos de cursinho.

O Colégio Poliedro tem uma proposta consistente e o resultado acaba vindo em forma de aprovação
nas principais universidades do país. Nos vestibulares de 2017, foram 455 aprovações de alunos da 3ª série do Ensino Médio em 83 instituições e para 107 carreiras diferentes. Esses números representam a soma das aprovações das unidades de São José dos Campos e São Paulo. A expectativa é que esse número aumente ainda mais, já que, em 2017, foi inaugurado o Colégio Poliedro Campinas.

Segundo o coordenador pedagógico do Colégio Poliedro, José Hélio de Moura Filho, o primeiro ponto para a obtenção desses resultados é que esses alunos tiveram uma postura madura. “É fundamental que o aluno tenha o desejo de lutar, de conquistar e de ter sucesso. Com essa
postura, ele conseguirá se dedicar e se automotivar”.

USP e Unicamp lideram a lista das universidades com mais aprovados

A Universidade de São Paulo (USP) e a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) são as duas universidades mais procuradas pelos alunos do Poliedro, bem como pela maioria dos jovens que desejam estudar em uma boa faculdade. Ambas foram as universidades com mais aprovados do Colégio Poliedro.

Leia mais

Colégio Poliedro inicia campanha de matrículas 2018